Make your own free website on Tripod.com

O Rancho, Zebreiros e a sua História

 

Oficialmente, o Rancho Folclórico de Zebreiros nasceu em 1959. No entanto, tudo começou uns dois ou três anos antes, no intuito de angariar fundos para o altar de S. Jorge, padroeiro do lugar .

Nessa altura, as roupas eram feitas por cada um dos elementos, sem qualquer objectivo de representar os usos e costumes dos nossos antepassados .A Mulher vestia saia castanha, blusa branca, colete preto, avental amarelo e lenço vermelho às flores. O Homem, calças castanhas, camisa branca e faixa vermelha. Os instrumentos utilizados eram : Acordeão, Violão, Viola braguesa, violino, flauta e ferrinhos.

Depois de vários anos, achamos que não estávamos no caminho certo, na medida em que as danças, trajes e cantares não se enquadravam nos nossos antepassados.

Assim, tomamos como primeiro passo, recolher as danças, trajes e cantares da nossa região, o que não foi muito difícil, já que na altura eram muitas as casas de lavradores onde se encontravam os trajes genuínos, tal como pessoas conhecedoras das danças e cantares.

No entanto, as nossas recolhas foram mais longe, passando pelas lendas, rezas e mezinhas, adágios e principalmente tradições da pesca, à qual estamos bastante ligados. Tal ligação deve-se ao facto de parte da nossa população outrora se dedicar, entre outros, à pesca do sável e da lampreia no Rio Douro.

A zona fluvial de Zebreiros foi também, em tempos, um dos mais importantes cais da freguesia da Foz do Sousa, de onde partiam, para exportação, os carregamentos de Vinho do Porto, madeiras, legumes e peixe.

O objectivo do Rancho Folclórico de Zebreiros é divulgar o mais puro do Folclore, representando os usos, costumes e tradições de outros tempos.

É ainda de salientar, que as recolhas não se realizaram somente nos primeiros anos da nossa existência. Ainda hoje, continuamos a fazer recolhas, de forma a enriquecer cada vez mais o nosso Folclore.